Leituras que fiz durante as férias

segunda-feira, 23 / abril / 2007 at 11:28 am 1 comentário

No dia 19 de março, eu andei o dia inteiro pelo Centro, e acabei entrando em um sebo. Tinha uma promoção irresistível. Uma pilha IMENSA daqueles livrinhos. Sabe, aqueles paradidáticos que pediam pra gente ler na escola? Coleção vaga-lume e adjacências?Pois é. Tinha CENTENAS deles, a um real. Um real.

Vocês não fazem idéia do quanto eu gosto desses livrinhos paradidáticos. Eles me lembram dezembros em casa. Minha mãe sempre foi muito organizada, e comprava minha lista de material escolar no início de dezembro, quando as livrarias estavam vazias e o 13º, intacto. Mulher esperta.

E eu me pegava em casa, sozinha com os paradidáticos. Um pra cada bimestre. Quatro livrinhos. Não duravam nem uma semana. Aí eu relia. E a segunda semana de dezembro ainda pela metade. O Natal distaaaaaaaaante. E eu começava a ler os livros de Português. Depois, o “Manual de Redação”. Depois, o livro de História. Quando o desespero apertava, o de Geografia. Quando todos acabavam, toca reler os Jorges Amados e os Monteiros Lobatos.

E, no meio disso tudo, o meu pai resolvendo as contas dos MEUS livros de Matemática. 😀 Ele achava divertidíssimo.

Mas eu falava do meu amor pelos livrinhos paradidáticos. Gente, eles são demais. São leves. São poéticos. Estão nas prateleiras das livrarias. Muitos deles, eu li durante uma visita à livraria, escondida, escorada na prateleira, em pé, pecado, medo do flagrante, medo da balconista vir dizer “maninha, isso aqui é livraria e não biblioteca.” Nunca aconteceu.

E eu já li uma enormidade deles. Eu lia nas contra-capas quais eram os outros títulos da mesma série, e saía procurando nas estantes, na biblioteca da escola, nas estantes dos meus amigos. Não esqueço a “Coleção barra-manteiga”. Eu li quase todos. “As inventações da Bruxinha Tatá.” “O reino perdido do Beleléu.” “Se… Será, Serafina?” “O diário de Serafina” e “O dicionário de Serafina” – e eu me apaixonei perdidamente pela Serafina, inclusive me tornei um pouco como ela.

No sebo que visitei, vi todos esses livros de novo. Tonico e Carniça. Um cadáver ouve rádio. A árvore que dava dinheiro. Meus livrinhos queridos, não via vocês desde a hora do recreio! Difícil foi escolher apenas cinco livros. Pois eu só podia gastar cinco reais. Buá.

[Continua…]

Anúncios

Entry filed under: 2007 resolutions.

Prevejo chateações… Leituras que fiz durante as férias – Da matéria dos sonhos

1 Comentário Add your own

  • 1. ana paula  |  terça-feira, 24 / abril / 2007 às 8:36 am

    Ah, eu era igualzinha. Adorava ler os livros didáticos e paradidáticos antes das aulas começarem! E li muita coleção vaga-lume! E não posso entrar em sebo, ou o dinheiro que tiver no bolso fica muito ameaçado. 🙂

    Coleção Vaga-Lume. Falam tão mal dela, que bobagem…

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Feeds

Aspas da Semana

Quando o amor vos fizer sinal, segui-o; ainda que os seus caminhos sejam duros e escarpados. E quando as suas asas vos envolverem, entregai-vos; ainda que a espada escondida na sua plumagem vos possa ferir. Gibran Khalil Gibran

%d blogueiros gostam disto: