Eu danço

terça-feira, 23 / janeiro / 2007 at 2:24 pm 11 comentários

Primeiro, eu tenho que dizer algo, que é o pressuposto deste texto: Roberto Carlos é brega.

Claro que é. É o MELHOR do brega. É o supra-sumo do brega. É o poeta do brega. É aquele brega que você ouve e vai se emocionando, pensando “puxa…que lindo.” Vejamos um exemplo:

“Amanhã de manhã, eu não quero nenhum compromisso! Tanto tempo esperamos por isso…Desfrutemos de tudo.”

“Sem me importar com o tempo correndo lá fora…Amanhã nosso amor não tem hora! Vou ficar por aqui…” Café da manhã

Puxa, que lindo! Eu ouço essa música e choro. Ela me traz lembranças de manhãs e tardes. Horas passando e eu nem ligando. Huuum…Pensando bem, mês que vem eu nem vou trabalhar.

Outro exemplo de que Roberto Carlos é o melhor:

“Chovia lá fora/E a capa pendurada/Assistia a tudo/Não dizia nada…”

Capa voyeur? Não! O nome disso é PROSOPOPÉIA, meus amigos. E reparem que não há um erro sequer de métrica. Além, é claro, da beleza dos versos. Essa canção foi a responsável pelo surgimento da inexistente palavra Mantidissidão. Ninguém sabe ao certo seu significado [O Ruy Goiaba tentou, a Clara também], mas na minha cabeça era algo como uma permanente mansidão dissimulada. Man-tis-si-dão. Faz sentido, vocês hão de convir.

Roberto é Rei. Roberto pode tudo. Roberto pode fazer uma música pra Virgem Maria, outra pro Menino Jesus e lançar um disco novo só com regravações. E ele pode, porque ele é Roberto Carlos. Aliás, Roberto Carlos é o único artista brasileiro que tem o direito de lançar DISCOS, nada de “álbuns”. Esse negócio de álbum é pra quem não tem história. Mesmo que não existam mais LP´s, Roberto lança discos. E a minha mãe compra. Aposto que a sua também. A rádio toca. A Luciana decora. E todos assobiam. Porque Roberto pode tudo, Roberto é Rei.

Recentemente, fizeram críticas a Vossa Majestade Roberto Carlos por ter cantado “Se ela dança eu danço” em dueto com Mc Leozinho.

Eu achei lindo. Lindo. O Roberto cheio de mantissidão, quase sussurrando – Se ela dança, eu danço, se ela dança, eu danço – e o Mc Leozinho, no melhor momento de TODA a vida dele, os olhos cheios de lágrimas, a voz trêmula, o maxilar tenso.

O Mc Leozinho cantou com o Roberto Carlos. No especial de fim de ano DO ROBERTO CARLOS. Com a banda DO ROBERTO CARLOS. Ele pode ser até cantor de churrascaria depois disso. A vida musical dele está completa.

Lindo, Robertão. Lindo. A demonstração de humildade do Roberto: “Eu escutei um funk. E eu pensei: acho que eu poderia cantar essa música…” Ou seja: ele acha que existem outras coisas legais. E o Mc Leozinho é legal. E também é brega! Afinal de contas, quem diz algo como “me dê uma chance! Quem sabe esse lance vira um romance e a gente vai namorar?” só pode ser brega – como eu!

Eu achei lindo, Roberto. Eu sei que você gostaria de ter feito isso com Claudinho & Buchecha. Pena que não dá mais.

Então, fiquem com o Robertão cantando a música sobre uma moça bonita dançando numa festa. Cá entre nós, essa música é um retrato de uma geração. Porque todo mundo já saiu de casa, pelo menos uma vez na vida, só pensando em beijar, beijar, beijar.

Anúncios

Entry filed under: Caminhando e Cantando, fofurices, videos.

Ocasional Rita Poema

11 Comentários Add your own

  • 1. Vivien  |  terça-feira, 23 / janeiro / 2007 às 3:40 pm

    “poeta do brega”….acho que vc acertou em cheio.Um amigo meu dizia que ele cantava as nossas “emoçoes baratas”, sera que é por ai?
    E me amarrava em ver aqueles filmes jovem guarda na sessão da tarde..laaaaa…nos anos 70.;0)

    As minhas emoções me custam muito caro para que eu as chame de baratas, Senhora do Lago. 😀 Digamos que o Roberto canta o nosso lado mais óbvio.
    Filme da jovem guarda é a coisa mais hilária. O do Diamante-cor-de-rosa eu assisto, assisto e continua sem pé nem cabeça!

    Responder
  • 2. Cily  |  terça-feira, 23 / janeiro / 2007 às 6:14 pm

    Podem falar mal dele, mas eu também gosto do Roberto. Fui no show dele, cantei todas essas músicas, fiquei emocionadíssima e queria porque queria pegar uma rosa.
    Lembro de um senhor do meu lado: “Minha filha, você é tão jovem e gosta dele, sabe cantar todas as músicas!”


    Num tô dizendo? Robertão pode tudo. Eu não sei todas as músicas, mas sei um bocado. E, além do CPF, uma das coisas que identifica o brasileiro é saber cantar “Emoções”.

    Quer ver? Vou começar: “Quando eu estou aqui, eu vivo esse momento lindo…”

    Responder
  • 3. poetamatematico  |  terça-feira, 23 / janeiro / 2007 às 8:11 pm

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Roberto é o que há, vivo dizendo isso…

    Mas ainda não tenho estômago pra vê-lo com o Leozinho…

    Puro preconceito seu. O Mc Leozinho é tipo Claudinho e Buchecha, e o funk melody é bisneto do bues, portanto é…sobrinho-neto do Rock, ou algo assim. Na prática, fica sendo algo como um country brasileiro eletrônico.

    Responder
  • 4. Policarpe  |  quarta-feira, 24 / janeiro / 2007 às 1:23 pm

    humm
    bom eu não tenho nada contra o Roberto Carlos,mas tb não tenho nada a favor…Só acho que há muitos caras por aí que merecem uma atenção muito maior e não tem..aí fica parecendo que os caras não são tão bons ou melhores que o Roberto Carlos…o que às vezes não é verdade!!tem muita mídia em cima desse cara…mais do que ele merece!!Mas acho que ele escreveu algumas coisas boas sim…só acho que ele não é tudo isso que dizem!!E para não dizer que não falei de flores…vou citar duas músicas dele que eu gosto:
    uma é,”Não há dinheiro que pague”, que era favorita do meu avô, que não gostava das músicas do Roberto…essa era a única!!e a outra é “Ilha”(eu acho que o nome é esse) que por sinal nem é dele e sim do Djavan,mas na voz dele ficou muito bonita…
    viele grueßen

    ô, Amigo. Se quiser falar a sua opinião, pode falar, mesmo que seja contrária a minha. Mas você é tão diplomático que seria incapaz de detratar algo que eu gosto. Você é pleno de fofulência.

    O Roberto Carlos conseguiu/atraiu essa mídia porque ele é incrivelmente carismático. Lógico que tem gente melhor que ele, e eu cito o Nilson Chaves [pois nós dois gostamos muito dele], mas o Nilson não é tão carismático como o Roberto. Você imagina o Nilson apresentando um programa na TV? 😀 Além do mais, o Roberto Carlos foi acessorado pelo Carlos Imperial, um MESTRE da mídia das gravadoras. E, claro, quem bastante talento como compositor e cantor.

    Sabe que eu gosto mais do Erasmo? 😀

    Agora…Ilha? Ilha? Que Ilha é essa?

    Responder
  • 5. Luciana  |  quarta-feira, 24 / janeiro / 2007 às 10:50 pm

    Ei, fraldinha, sua horrorosa! Eu queria ter escrito isso, feia linda! 🙂 Lindo demais. Ainda mais quando se está lendo a biografia do rei… Assim que acabar terei muuuuuuuuuuuito o que postar sobre ele… Aguarde!

    Luciana, minha ridícula favorita, eu SABIA que você ia escrever sobre o assunto. Aliás, eu só me interessei por escrever por causa do seu texto sobre o Especial do RC.

    Você está lendo o tal livro proibido? Nham…

    Abraço grande!

    Responder
  • 6. Claudia Lyra  |  quinta-feira, 25 / janeiro / 2007 às 6:52 am

    Bom… não gosto do Roberto Carlos. Aliás, pra ser mais específica, gosto da maioria das músicas dele, contanto que sejam interpretadas por outros cantores. Eu tinha um LP – sim, sim, tive muitos LPs, meus mesmo, porque sou velhinha – que era assim: vários artistas cantando músicas do Roberto Carlos e era a coisa mais linda, eu chorava a quase cada música. Mas, putz, não gosto mesmo do sujeito.

    Ei, ei, ei. Espera aí. Você não gosta DELE, mas gosta do que ele escreve?
    Vixe, então vai ver você também não gosta de mim…mimimimimimi….:D:D:D

    Responder
  • 7. leila  |  quinta-feira, 25 / janeiro / 2007 às 5:21 pm

    cheio de mantissidão! legal 🙂

    Mas que ele estava, estava!

    Responder
  • 8. Cacá  |  quinta-feira, 25 / janeiro / 2007 às 5:56 pm

    Adorei muito tudo isso!
    Achei muito bonitinho o REI cantando esse funk. =]

    Eu vi que você colocou o link lá no seu blog! Virei assinante do seu rss- mas não consigo comentar lá, porque acho que é Haloscan. Comento em casa.

    Responder
  • 9. futuro Msc. Policarpe  |  sexta-feira, 26 / janeiro / 2007 às 12:17 pm

    não sei se é “Ilha”..mas a música começa assim…

    “Um facho de luz que a tudo seduz por aqui
    Estrela brilhante reluz neste instante sem fim
    Um cheiro de amor espalhado no ar a me entorpecer
    Quisera viesse do mar e não de você
    Refrão
    Porque seu coração é uma ilha
    a centenas de milhas daqui”….

    e por aí vai!! lembrou??

    Acho que não conheço… Mas ia ficar ÓTIMA na voz do Wando! ohohohohoho….

    Responder
  • 10. policarpe  |  sexta-feira, 26 / janeiro / 2007 às 5:54 pm

    ?????
    ué?Por quê??
    ?????

    Luz, ilha, raio, estrela, luar… Parece Wando!

    Responder
  • 11. Tarson Nunes  |  quarta-feira, 4 / julho / 2007 às 9:38 am

    Caramba! De onde vocês arrancaram tal palavra? – “Mantissidão”, simplesmente, não existe! Os versos, cantados por Roberto Carlos, são estes: “…nos lençois macios, amantes se dão…” (amnates + se = dão).

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Feeds

Aspas da Semana

Quando o amor vos fizer sinal, segui-o; ainda que os seus caminhos sejam duros e escarpados. E quando as suas asas vos envolverem, entregai-vos; ainda que a espada escondida na sua plumagem vos possa ferir. Gibran Khalil Gibran

%d blogueiros gostam disto: