Archive for dezembro, 2006

Meu perfil no BlogBlogs

BlogBlogs.Com.Br

Anúncios

sexta-feira, 29 / dezembro / 2006 at 12:29 pm 1 comentário

Mozilla Firefox: prazer em conhecer

Eu sou uma retrógrada. Medrosa.

Todos ao meu redor falando do Mozilla, falando dos “add-ons”, do botão do meio do mouse. E eu pensando: “deve ser difícil, deve ser coisa de nerd, deve ser pesado. ”

Que boba, eu. Tomei coragem hoje e instalei o Mozilla. Estou fuçando os recursos dele.

Já deu pra sacar uma diferença básica em relação ao IE. O Internet Explorer é um programa feito pra UM FIM BÁSICO: exibir páginas na internet. Você digita o endereço e ele mostra.

Já o Mozilla é uma CENTRAL DE USO DA WEB. A quantidade de recursos é incrível.

  • Ele mostra quando o site possui Feed [Mais informações sobre Feeds, no blog do Bruno Torres] e te dá um outro recurso para assiná-lo.
  • Ele te dá a opção de escolher se vai abrir outra ABA ou outra JANELA – pra mim, que adoro trabalhar com trocentas janelas abertas, vai ser ótimo. Não me perco mais.

E com certeza tem muitos outros recursos, que eu vou descobrindo aos poucos.

quinta-feira, 28 / dezembro / 2006 at 5:10 pm 3 comentários

Então é Natal

Eu quero falar com você que, quando chega dezembro, começa a reclamar do Natal.

Você, que arrota frases feitas como: “Detesto essa mania de consumismo”, ou “Natal pra mim é um dia qualquer”.

Você, que diz que detesta comida com passas, odeia panetone e só gosta de rabanada.

Você, que se incomoda ao pensar na sua família cheia de parentes chatos e conversas irritantes.

Você, que quando participa de sorteio de amigo secreto, ESCOLHE o presente que quer ganhar.

Você, que não tem paciência com criança chorando.

Você que diz que Papai Noel é invenção da Coca-Cola.

Você, que faz questão de proclamar que detesta a Simone, detesta música da Natal, detesta comercial de Natal.

Você, que diz ter raiva do Natal.

Você mesmo.

Pare com isso agora, deixe de ser bundão.

Vou contar o que eu vi e fiz neste Natal.

Eu vi um homem se vestir de Papai Noel no calor de mais de 35 graus que faz aqui. Eu vi um grupo de pessoas gastar mais de cinqüenta reais de gasolina, mais de trezentos em brinquedos, doce e pipoca, e sair em comboio, com o papai Noel na caçamba de uma S-10, andando por um dos bairros mais perigosos, afastado e pobres de Manaus. E eu vi um garotinho deslumbrado, recebendo presente de Papai Noel, os olhos brilhando, o sorriso escancarado.

Papai Noel na Pick UP

 

Eu vi um menino de três anos no colo do meu melhor amigo. E ele se assustou com um dos personagens da peça que o meu grupo de teatro estava fazendo, porque o personagem gritava e era brabo. E ele é aquele tipo de criança que chora quando vê um palhaço, entende?

Dona Cinturão

E o meu amigo me contou que ele chorava e chamava pela mãe. Que morreu este ano ainda. Eu perdi o meu pai com dezessete. Eu acredito em vida eterna e reencarnação, e até hoje essa dor não melhora, não diminui, não passa e eu não me acostumo – apenas convivo com ela. E ele tem três anos e não tem mãe! Que droga, você sabe a extensão disso? Ele não tem mãe. Ele só tem três anos, e quando tem medo de algo, tem que chorar no colo de um estudante universitário.
orfao.jpg

Eu vi um grupo de estudantes recebendo cartinhas das crianças de um orfanato. Elas pediram brinquedos. Eu vi esses estudantes tirando dinheiro do bolso pra comprar bicicletas. Eu vi esses estudantes organizando gincanas e aprendendo a pensar com a cabeça do outro. Eu vi um deles se vestir de Papai Noel. Eu chorei quando eu o vi, porque ele era meu amigo, e descobri que acredito em Papai Noel. Eu vi uma menina vindo na minha direção dizendo: “Tia, tia, eu pedi a boneca e o papai Noel trouxe! Ele veio bem aqui e me deu!”

colodepapainoel

E eu vi os membros do meu grupo de teatro decorando textos em dois dias. Eu vi e participei. Eu peguei ônibus às onze e quarenta da noite, chegando em casa uma hora depois. Eu acordei às cinco e saí pra me apresentar no ÚLTIMO bairro da cidade. Nos apresentamos pra QUATROCENTAS crianças. QUA-TRO-CEN-TAS. Sem microfone. Sem sonoplastia. Sem iluminação. Um de nós, sem tomar café. Cheios de alegria. As crianças vieram puxar minhas tranças no final, perguntando se eram de verdade. Eu recebi mais de quatrocentos abraços.

Eu vi luzes piscando nas árvores. Eu recebi ligação de uma pessoa que eu nem imaginava que tinha meu telefone. Eu participei de um amigo secreto onde todos têm fé da alegria e no ser humano. Eu ganhei presente-surpresa da minha mãe.

 

 presentes

 

Eu rezei e pedi pra acontecer tudo de novo. E cantamos os parabéns pra quem merece.

 

Aniversariante

 

Então, se você ainda está disposto a detestar o Natal, Papai Noel e a Simone cantando, eu pergunto:

O que você fez?

Então, bom Natal, e um Ano Novo também. E seja feliz quem souber o que é o BEM.

terça-feira, 26 / dezembro / 2006 at 5:50 pm 6 comentários

Batize a abelha e ganhe um iPod

Era uma vez um blogueiro doceiro, que fez um blog delicioso de ler.

E esse blogueiro doceiro fez uma promoção. Você batiza a abelha e faz um trackback pro post da promoção. Se conseguir duzentos trackbacks [ou links], ganha um iPod. Mas o prêmio mais chibata só é conseguido se o número de trackbacks passar de mil.

Como sabiamente disse o Cardoso, eu quero é ver um blogueiro vestido de baiana!

Então, só pra constar, o nome que eu inscrevo no sorteio é “Docélio”.

terça-feira, 26 / dezembro / 2006 at 11:34 am 4 comentários

Alonso, alonso…

Testando o Worpress. Meu Deus, é LINDA a plataforma de postagem. Linda.

Não quero mais saber de outro lugar!

terça-feira, 19 / dezembro / 2006 at 3:59 pm Deixe um comentário


Feeds

Aspas da Semana

Quando o amor vos fizer sinal, segui-o; ainda que os seus caminhos sejam duros e escarpados. E quando as suas asas vos envolverem, entregai-vos; ainda que a espada escondida na sua plumagem vos possa ferir. Gibran Khalil Gibran